Fórum de Matemática
DÚVIDAS? Nós respondemos!

Um Fórum em Português dedicado à Matemática
Data/Hora: 08 jul 2020, 11:50

Os Horários são TMG [ DST ]




Fazer Nova Pergunta Responder a este Tópico  [ 2 mensagens ] 
Autor Mensagem
 Título da Pergunta: Demonstração
MensagemEnviado: 18 ago 2012, 18:54 
Offline

Registado: 14 ago 2012, 19:57
Mensagens: 56
Localização: Rio de Janeiro
Agradeceu: 16 vezes
Foi agradecido: 0 vez(es)
Sejam dadas n retas num plano tais que nenhuma delas e paralela a qualquer outra e que não existam três retas intersectando-se num mesmo ponto. Mostre que elas dividem o plano em (n^2 + n + 2)/2 regiões.

(Dica: Note que a (k + 1)-esima reta ca dividida em k + 1 partes. Cada parte divide uma região existente na situação com k retas em duas regiões.)


Topo
 Perfil  
 
 Título da Pergunta: Re: Demonstração
MensagemEnviado: 19 ago 2012, 18:43 
Offline

Registado: 14 dez 2011, 15:59
Mensagens: 895
Localização: Portugal
Agradeceu: 20 vezes
Foi agradecido: 370 vezes
No inicio havia apenas uma região (o plano inteiro). A primeira reta divide o plano em duas regiões (o nº de regiões aumentou em um). A segunda reta divide cada uma dessas regiões em dois (temos agora mais duas regiôes que anteriormente). A terceira reta cruza as outra duas retas e fica com isso divida em três partes (duas semi-retas e um segmento de reta no meio), cada uma dessa partes divide uma região em dois (temos portanto mais 3 regiões que anteriormente). Temos em geral que a (k + 1)-ésima reta cruza as anteriores k retas ficando divida em k+1 partes (duas semi-retas e k-1 segmentos de reta no meio), com cada uma dessa partes dividindo uma região em dois (temos assim que esta última reta aumenta o nº de regiões em mais k+1 que anteriormente).

Dito isto, concluímos que o nº de rgiões ao fim de n retas será:

\(1+1+2+3+...+n=1+ \frac{n(n+1)}{2}=\frac{n^2+n+2}{2}\).

Outra maneira de resolver seria olhar uma tal distribuição de retas no plano como a projeção estereográfica de uma distribuição de circunferências na esfera. Numa tal distribuição teríamos \({n \choose 2}+1\) vértices (pontos de cruzamento dos arcos), \({n \choose 2}\) desses cruzamentos iriam corresponder aos cruzamentos da retas (um por cada par de reta) e o restante seria o "infinito" da projeção (onde todas as retas se cruzam). Também teríamos \(n^2\) arcos (\(n\) por cada reta). Sabendo o nº de vértices e o nº de arcos facilmente deduz-se o nº de regiões fazendo uso da fórmula de Euler (V-A+R=2).
\(R=2-V+A=2-\left(\frac{n(n-1)}{2}+1\right)-n^2=\frac{n^2+n+2}{2}\).


Topo
 Perfil  
 
Mostrar mensagens anteriores:  Ordenar por  
Fazer Nova Pergunta Responder a este Tópico  [ 2 mensagens ] 

Os Horários são TMG [ DST ]


Quem está ligado:

Utilizador a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante


Criar perguntas: Proibído
Responder a perguntas: Proibído
Editar Mensagens: Proibído
Apagar Mensagens: Proibído
Enviar anexos: Proibído

Pesquisar por:
Ir para: